“Prefiro morrer em pé, a viver sempre sentado”

Publicado: 10/16/2009 por Gabi em Textos Conectados

Che Guevara

Ernesto Guevara de La Serna, nascido na Argentina, família de classe média. Boa parte de seus estudos foram feitos em sua casa, auxiliado por sua mãe. Contava com uma biblioteca extensa e autores como: Lenin, Marx, Engels. O caráter revolucionário foi sendo forjado a partir daí. Anos mais tarde sua família teve de mudar para Córdoba, devido a problemas de saúde de Che Guevara – acometido de asma desde a infância. Anos mais tarde começa a cursar Medicina. Tranca a faculdade por algum tempo e segue numa moto com seu amigo Alberto Granado, a fim de conhecer a identidade da América Latina. Trabalham juntos num leprosário, onde Che mostra grande compreensão e paciência pelos enfermos. Impressiona-se com a decadência da instituição pública e o modo de vida da classe mais humilde. O interesse político-ideológio toma conta de si e se junta com Fidel Castro e seus companheiros para luta contra o ditador Fugêncio Batista. Vencida a luta, Cuba aproxima-se mais do bloco comunista e, consequentemente, o distanciamento dos EUA aumenta. Che despenhou papel político, militar e diplomático. Tempo depois, enquanto organiza uma missão na Bolívia, é morto por uma emboscada feita por soldados bolivianos. Apesar de ter sido um líder com certas atitudes contraditórias, Che Guevara lutou pelo que considerava correto e é reconhecido mundialmente.

ps.: Quem estiver a fim de acompanhar os estudos do boletim, deixa um recado com o seu email, que eu mando. :*

Anúncios
comentários
  1. Thiago disse:

    “Jovem sem utopia é um antagonismo. O jovem é um revolucionário por natureza. ”

    Ernesto “Che”Guevara

  2. Gabi disse:

    ps.: essa foto dele tá lindíssima. *-*

  3. Anônimo disse:

    Gabi comunista!

  4. Thiago disse:

    Se você é capaz de tremer de indignação a cada vez que se comete uma injustiça no mundo, então somos companheiros – Che

  5. Gabi disse:

    ai, quem é esse “anônimo”? 😛

  6. Anônimo disse:

    Che um cara qualquer com uma visão realista e crítica mas que por sua vez não ficou parado. Ei, você, porque não levanta dessa cadeira e não faz uma coisa de útil?

  7. Gabi disse:

    ok. (Y)

  8. Thiago disse:

    Che um cara qulquer? Acho que não, se ele fosse não estariamos falando dele até hoje.

    Levantar da cadeira é importante, mas a questão de ser útil não vejo que seja tão simples assim, pois ele iria ser um medico medilcre até ter contato com o povo pobre e miseravel na America do Sul , e juntou com seus ideias comunistas, definitivamente Che era um IDEALISTA.

    Mas eu tbm me considero uma pessoa idealista, mas existe uma diferença BÁSICA que no caso,valorizar causas e doutrinas acima de pessoas é idealismo não é cristianismo…

    Eu tenho certeza que sou idealista, no entanto tenho minha duvidas se vivo como cristão.

  9. Bella disse:

    ps.: essa foto dele tá lindíssima. *-* [2]

    ei,anônimo,por que não levanta você da cadeira?

  10. Gabi disse:

    gostei Bella! =D

  11. mel disse:

    anônimo,às vezes para fazer algo útil,nem é preciso levantar da cadeira 🙂

  12. an disse:

    só uma pequena correcção ;antes morrer de pé que andar toda vida de Joelhos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s